Loki e o Parsifall

Um dialogo entre o Loki e Parsifall

Resposta — 28 de outubro de 2016

Resposta

solar_sun_1653022c

como um grave que atravessa a música
provocando um arrepio
o primeiro mergulho de primavera num rio
ou tempestade a se formar no horizonte
a violência do mar bravio a noite
tranquilidade d’agua na fonte

aceleração brusca, não esperada
ou frear de reflexo e susto
nada explica a fascinação ou desamparo
as comparações possíveis são vazias
e faltam profundidade
para descrever como seria
uma queda livre no espaço

Anúncios
XV — 7 de outubro de 2016

XV

taylor

So it’s gonna be forever, or it’s gonna go down in flames
You can tell me when it’s over, if the high was worth the pain
Got a long list of ex-lovers, they’ll tell you I’m insane
Cause you know I love the players and you love the game
Cause we’re young and we’re reckless, we’ll take this way too far
It’ll leave you breathless, or with a nasty scar
Got a long list of ex-lovers, they’ll tell you I’m insane
But I’ve got a blank space, baby, and I’ll write your name

Eu tenho uma imagem que não condiz internamente
fixei ela no meu espelho com uma camada de verniz
de forma a esconder o que sou, poeticamente
nas camadas de loucura e solidão que vem como onda
deixa eu me perder na imensidão de volúpia e desatino
a possibilidade de sonhar assim novamente assombra

Como estrelas solares cruzando galáxias, sem medo de destino
passado (tanto meu, quanto o seu) pouco importa
o tempo é curto demais para outras forças que não nosso desejo
pois como o universo é muito grande, certas escolhas não tem volta
apesar de parecer que não é possível errar, pois você é tudo que vejo

Me despi do que engana, pois sei que não preciso
de proteção pra dizer e talvez até repetir o que sinto
nem mesmo de me mostrar, frágil, inconsistente, indeciso
talvez seja tolice esperar amor de forma igual
pois ser seu é uma vontade constante, tendendo ao infinito
vácuo roubando o ar em suspiros, sem se preocupar com final

Como estrelas solares cruzando galáxias, sem razão pra temer
passado (tanto meu, quanto o seu) não fará nenhuma diferença
o tempo é curto demais para outras forças que possam nos conter
pois o universo é muito grande sem sua presença
apesar de parecer que não é possível errar,
assumiria todos os riscos, colisões e machucados
Pra tentar!

Flutuação — 5 de outubro de 2016

Flutuação

shipwreck

 

It might not be the right time
I might not be the right one
But there’s something about us I want to say
Cause there’s something between us anyway

Nada,
como o ato de boiar num mar inconsciente,
e se esforçar por saber
que o presente
é menos estável que água

Nado,
como uma braçada contra corrente,
e gosto salgado
de contra a vontade
perceber que viverá afogado

Nado,
como barco naufragado,
que sem opção
passa da segurança ao perigo
sendo assim abandonado

Nada,
como auto percepção
de oceano por todos os lados
anti Ulisses de si mesmo
por Cila e Caríbdis  devorado